O Pr. Gilson Soares dos Santos é casado com a Missionária Selma Rodrigues, tendo três filhos: Micaelle, Álef e Michelle. É servo do Senhor Jesus Cristo, chamado com santa vocação. Bacharel em Teologia pelo STEC (Seminário Teológico Evangélico Congregacional), Campina Grande/PB; Graduado em Filosofia pela UEPB (Universidade Estadual da Paraíba); Pós-Graduando em Teologia Bíblica pelo CPAJ/Mackenzie (Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper). Professor de Filosofia e Teologia Sistemática no STEC. Professor de Teologia Sistemática no STEMES, em Campina Grande - Paraíba. Pastor do Quadro de Ministros da Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil (AIECB). Pastoreou a Igreja Evangélica Congregacional de Cuité/PB, durante 15 anos (1993-2008). Atualmente é Pastor Titular da Igreja Evangélica Congregacional em Areia - Paraíba.

11 de junho de 2012

Simonia: O Comércio do Sagrado


SIMONIA: O COMÉRCIO DO SAGRADO

Pr. Gilson Soares dos Santos

A mistura de comércio e religião recebe o nome de simonia, em referência a Simão, o mágico, que quis comprar com dinheiro o dom do Espírito Santo, segundo o relato de Atos 8.9-23.
     
O apóstolo Pedro, em sua Segunda Epístola, nos diz: “também, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias...” (II Pe 1.3 grifo nosso). Profeticamente, o apóstolo parece apontar para a realidade dos nossos dias.

Embora o cristianismo tenha surgido numa sociedade acostumada com a comercialização, e o judaísmo tenha vivido dias, onde o templo em Jerusalém era controlado por uma casta sacerdotal que ali desenvolvia um comércio irregular de animais e cambiava moedas, proibidas de qualquer circulação na área do templo, nunca esse texto tornou-se tão real como na época atual, onde a simonia tem sido prática habitual em muitos ministérios.  Pregadores, cantores, escritores, e muitos outros, têm se aproveitado da boa fé dos menos esclarecidos e estão comercializando a Palavra de Deus.

É lamentável que a única Bíblia que alguns pregadores conhecem é a Bíblia em papel moeda. Quando abrem a Bíblia para um sermão, a única visão que têm é a de cifrões.

Que Deus se compadeça de nós!