O Pr. Gilson Soares dos Santos é casado com a Missionária Selma Rodrigues, tendo três filhos: Micaelle, Álef e Michelle. É servo do Senhor Jesus Cristo, chamado com santa vocação. Bacharel em Teologia pelo STEC (Seminário Teológico Evangélico Congregacional), Campina Grande/PB; Graduado em Filosofia pela UEPB (Universidade Estadual da Paraíba); Pós-Graduando em Teologia Bíblica pelo CPAJ/Mackenzie (Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper). Professor de Filosofia e Teologia Sistemática no STEC. Professor de Teologia Sistemática no STEMES, em Campina Grande - Paraíba. Pastor do Quadro de Ministros da Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil (AIECB). Pastoreou a Igreja Evangélica Congregacional de Cuité/PB, durante 15 anos (1993-2008). Atualmente é Pastor Titular da Igreja Evangélica Congregacional em Areia - Paraíba.

20 de setembro de 2012

Assumindo Compromissos

ASSUMINDO COMPROMISSOS

Pr. Gilson Soares dos Santos

Introdução

Quando alguém nasce de novo, deixa as velhas práticas. Busca cada dia mais a santificação. Muitas coisas maravilhosas, preciosas acontecem em sua vida.

O novo filho de Deus também assume compromissos com o Reino de Deus.

Estudaremos nesta lição sobre os compromissos do novo filho de Deus, do novo discípulo de Cristo.

01 QUAIS SÃO OS COMPROMISSOS QUE AQUELE QUE NASCEU DE NOVO ASSUME NO REINO DE DEUS

A – O compromisso de amor a Cristo

Vejamos o texto de Mateus 10.37

A1 – O amor a Cristo está acima de todas as outras coisas.

Vejamos o texto de Marcos 10.29,30:

A2 – O compromisso com Cristo é superior a qualquer bem terreno.

B – O Compromisso com uma vida cristã autêntica


B1 - De oração (Leia I Tessalonicenses 5.17);

O nascido de novo sente necessidade de orar, de buscar a face do Senhor. Ele agora sabe que não precisa de intercessor para chegar a Deus, por isso ele aprende a orar.

Por que é importante a oração?

  • Nos livra da tentação (Mateus 26.41);
  • Pode muito em seus efeitos (Tiago 5.16);
  • Faz que recebamos as bênçãos no “banco do Céu” (Mateus 7.7)

 B2 - De meditação na Palavra do Senhor (Salmo 1.2);

O nascido de novo medita na Palavra de Deus de dia e de noite. Sua edificação espiritual vem por meio do estudo, exame e meditação na Palavra de Deus.

Por que é importante a prática da meditação na Palavra de Deus?

  • Nela encontramos a vida eterna (João 5.39)
  • Se desconhecermos a Palavra, nós erramos (Mateus 22.29)
  • Somos bem aventurados quando meditamos nela (Salmo 1.1,2)

 B3 - De jejum (Marcos 6.16-18);

 O novo convertido, embora não tenha muito ensinamento sobre jejum, deve procurar saber um pouquinho sobre esta prática proveitosa para o viver cristão.

 Por que é importante o jejum?

  • Nos dá poder sobre os demônios (Mateus 17.21)
  • Faz que obtenhamos êxito e bênçãos diante do Senhor
  • Nos faz vencedores

B4 - De louvor (Salmo 100.4);

 Nós fomos salvos para o louvor da glória de Deus. Por isso, aquele que nasceu de novo deve dedicar sua vida, seu tempo para louvar ao Rei dos Reis e Senhor dos Senhores.

Por que é importante o louvor?

  • Nos dá vitória sobre os inimigos (Salmo 18.3)
  • Rompe barreiras e cadeias (Atos 16.25,26)
  • Exalta a Deus, é bálsamo para a alma

B5 - De evangelização (Marcos 16.15).

Aquele que nasceu de novo sabe da importância do evangelho e sente desejo que outros também conheçam o Evangelho do Senhor Jesus.

Por que é importante a evangelização?

  • Abrevia a volta do Senhor (Mateus 24.14)
  • Arranca almas do império das trevas
  • Somos galardoados por isso.

B6 - De dízimos e ofertas (Malaquias 3.10);

Aquele que nasceu de novo envolve-se no Reino de Deus com suas contribuições, seus dízimos e ofertas.

Por que é importante entregarmos dízimos e ofertas?

  • É uma forma de gratidão ao Senhor.
  • As bênçãos de Deus virão sobre nós (Provérbios 3.9)
  • Afasta o devorador das nossas casas.

B7 - De congregar-se no templo (Salmo 27.4; Hebreus 10.25);

Aquele que nasceu de novo sente a necessidade de estar no templo, congregado com seus irmãos em Cristo.


B8 - 6.7 – Compromisso com a liderança da Igreja (Hebreus 13.17; I Tessalonicenses 5.12,13; I Timóteo 5.17).

O novo convertido deve apresentar-se à liderança da igreja, manter comunhão com aqueles que estão na liderança da igreja e são responsáveis diante de Deus pela vida daqueles que o Senhor chamou.

C – O Compromisso com seus irmãos em Cristo


C1 - De ajuda-los (Gálatas 6.10);

Sempre que puder, ajude os irmãos que têm necessidades.


C2 - De Amá-los (João 13.35; I João 4.7-12);

É preciso amar os irmãos com o amor fraternal ensinado por Cristo Jesus.


C3 - De orar por eles (Tiago 5.16);

A bíblia diz que devemos orar uns pelos outros. O Novo Convertido busca orar pelos seus irmãos em Cristo.

02 SOBRE A EVANGELIZAÇÃO, COMO UM NOVO CONVERTIDO PODE EVANGELIZAR?

O novo convertido pode evangelizar sim. Pois existem várias maneiras de evangelizar, e elas são progressivas.

Vejamos:

A - Distribuir folhetos: o novo convertido pode começar entregando folhetos, ele não vai precisar dizer nada, somente entregar o folheto, e isso já é uma forma de evangelizar;

B - Convidar pessoas a irem à igreja: o novo convertido pode levar visitantes à igreja;

C - Testificar: o novo convertido pode testificar o que Deus fez em sua vida. Como também pode mostrar através do seu comportamento como Deus pode mudar a vida do homem. Isso também é evangelização;

03 A FREQUÊNCIA AOS CULTOS É IMPORTANTE E NECESSÁRIA?

Sim. Vejamos o seguinte:

A - O salmista disse que era melhor um dia na casa do Senhor, do que mil em outro lugar (Salmo 84.10).

B – O salmista pediu para morar na casa do Senhor (Salmo 27.4).

C – O salmista sentia alegria quando era chamado a ir à casa do Senhor (Sl 122.1).

D - A profetiza Ana, com quase 84 anos, estava todos os dias no templo (Lc 2.36, 37).

E - Os crentes dos primeiros tempos da igreja estavam todos os dias no templo (At 2.46).

F - Jesus deu exemplo, estava todos os dias no templo (Mc 14.49).

G - A Bíblia diz que não devemos abandonar nossa Congregação, isto é, a reunião com os irmãos (Hb 10.25).

04 É POSSÍVEL A UMA PESSOA NOVA CONVERTIDA CUMPRIR TUDO ISTO QUE ESTÁ NA PALAVRA?

Por seus próprios esforços, não.

Mas ele deve esforçar-se, sempre lembrando que essas coisas acontecerão pela graça soberana de Jesus Cristo.

É o Senhor Jesus quem conduz o novo convertido, aquele que nasceu de novo, a uma vida de santificação, a viver em “novidade de vida”.

CONCLUSÃO

Quando nascemos de novo, somos transformados de “glória em glória”. Cada dia avançamos para o alvo para o qual fomos chamados.