O Pr. Gilson Soares dos Santos é casado com a Missionária Selma Rodrigues, tendo três filhos: Micaelle, Álef e Michelle. É servo do Senhor Jesus Cristo, chamado com santa vocação. Bacharel em Teologia pelo STEC (Seminário Teológico Evangélico Congregacional), Campina Grande/PB; Graduado em Filosofia pela UEPB (Universidade Estadual da Paraíba); Pós-Graduando em Teologia Bíblica pelo CPAJ/Mackenzie (Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper). Professor de Filosofia e Teologia Sistemática no STEC. Professor de Teologia Sistemática no STEMES, em Campina Grande - Paraíba. Pastor do Quadro de Ministros da Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil (AIECB). Pastoreou a Igreja Evangélica Congregacional de Cuité/PB, durante 15 anos (1993-2008). Atualmente é Pastor Titular da Igreja Evangélica Congregacional em Areia - Paraíba.

18 de junho de 2013

Viva o Povo Brasileiro!





VIVA O POVO BRASILEIRO!

Pr. Gilson Soares dos Santos

Assisti aos noticiários sobre a onda de protestos que tomou conta das ruas de várias cidades do Brasil, na noite desta segunda-feira, 17 de junho de 2013. A população, descontente com o aumento da tarifa do transporte público, protestou de maneira sequenciada. O povo também reclamou da truculência da polícia, da corrupção que tomou conta do país, do dinheiro gasto na Copa das Confederações e até da “ditadura” do Governo.

Fiquei pensando: será que “O ANO QUE NÃO TERMINOU” (1968) está de volta, desta vez para terminar?

Tenho algumas sugestões, querido (a) leitor (a) do nosso blog, para mim, para você, para todos os brasileiros e para o Governo:

Sugiro para mim mesmo que devo orar mais pelo meu país,

Sugiro para você, querido (a) leitor (a), que leia a Bíblia e veja que tudo isso é cumprimento das profecias bíblicas, leia também alguma coisa sobre “1968: O Ano Que Não Terminou”.

Sugiro para todos nós brasileiros que possamos assistir ao vídeo abaixo, que traz a música da Banda Catedral, Viva o Povo Brasileiro! E Que possamos orar pelo Brasil, ler as Sagradas Escrituras e encontrarmos nelas o rumo certo.

Sugiro ao Governo que leia a Bíblia, busque a orientação de Deus e, é claro, sugiro uma releitura dos Livros: “1968: O Ano Que Não Terminou” e “1968: O Que Fizemos de Nós Mesmos”, ambos de Zuenir Ventura. Não deixem que 68 volte e fique, mais uma vez, inconcluso. 

E Viva o Povo Brasileiro!



Todas as crianças estão nas escolas
Educação integral planejada
Todas as ruas bem sinalizadas
E há segurança em cada calçada
O povo pode passear sem medo
Nossa policia é de confiança!
Não falta água, nem luz, nem comida
Não há preconceitos, nem intolerância
Grande celeiro da humanidade, somos a nova Pátria do presente!
Nossos políticos, nosso orgulho, corrupção é uma palavra ausente!

Mais de mil razões para bater no peito e cantar bem alto o hino nacional
Viva o povo brasileiro! Viva o povo brasileiro!

A cesta básica é tão barata
E o salário é constitucional, que legal!
Não há desmandos, nem apologias
E o imposto é tão racional
Tudo é tão justo, tão democrático
Tanto respeito chega a emocionar
Há igualdade nas oportunidades
Nosso futuro é só comemorar!!!