O Pr. Gilson Soares dos Santos é casado com a Missionária Selma Rodrigues, tendo três filhos: Micaelle, Álef e Michelle. É servo do Senhor Jesus Cristo, chamado com santa vocação. Bacharel em Teologia pelo STEC (Seminário Teológico Evangélico Congregacional), Campina Grande/PB; Graduado em Filosofia pela UEPB (Universidade Estadual da Paraíba); Pós-Graduando em Teologia Bíblica pelo CPAJ/Mackenzie (Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper). Professor de Filosofia e Teologia Sistemática no STEC. Professor de Teologia Sistemática no STEMES, em Campina Grande - Paraíba. Pastor do Quadro de Ministros da Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil (AIECB). Pastoreou a Igreja Evangélica Congregacional de Cuité/PB, durante 15 anos (1993-2008). Atualmente é Pastor Titular da Igreja Evangélica Congregacional em Areia - Paraíba.

10 de abril de 2013

Para onde vão as pessoas que nunca ouviram falar de Jesus? Veja o que ensina a Teoria da Evangelização Post Mortem


A TEORIA DA EVANGELIZAÇÃO POST MORTEM

Pr. Gilson Soares dos Santos

No decorrer da história da igreja, intensos debates foram travados sobre o destino das pessoas que nunca foram evangelizadas. A situação atualmente não é diferente. As perguntas envolvendo o tema ainda persistem: uma pessoa que nunca ouviu falar do evangelho de Cristo está salva? Sobre este assunto temos diversos pontos de vista, entre eles, o exclusivismo; a oportunidade universal antes da morte; o inclusivismo; o evangelismo post-mortem; o universalismo, e ainda outros que não recebem um nome dentro da teologia. Embora todas as correntes citadas concordem que Jesus é o único salvador, divergem sobre a salvação dos não evangelizados. Sobre isto trataremos, sucintamente, em diversas postagens. Hoje postaremos a posição da Evangelização Post Mortem sobre o destino das pessoas não evangelizadas.

1 - A teoria da evangelização post mortem
  
Segundo este ensino, os não evangelizados recebem uma oportunidade de crer em Jesus depois da morte. Para eles, não há uma única pessoa que ficará sem ouvir o evangelho de Jesus Cristo. Aqueles que morreram sem ouvir a pregação do evangelho terão a oportunidade de ouvi-lo depois da morte. E para os adeptos dessa teoria, haverá chances de salvação.

1.2 - Os versículos usados pela teoria da evangelização post mortem
  
João 3.18 

18 Quem nele crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.
  
Explicação: Segundo os adeptos dessa teoria, uma pessoa não pode ser condenada por não crê em Jesus, se ela nunca ouviu falar dele. 
  
I Pedro 3.18-20 

18 Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus; morto, sim, na carne, mas vivificado no espírito, 19  no qual também foi e pregou aos espíritos em prisão, 20 os quais, noutro tempo, foram desobedientes quando a longanimidade de Deus aguardava nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca, na qual poucos, a saber, oito pessoas, foram salvos, através da água.

1.3 - Principais nomes da teoria da evangelização após a morte 

Clemente de Alexandria; 
George MacDonald; 
Donald Bloesch; 
George Lindbeck; 
Stephen Davis; 
Gabriel Fackre.

OBSERVAÇÃO: Recomendo que você leia também: 

Para Onde Vão As Pessoas Que Nunca Ouviram Falar de Jesus? O Ensino da Oportunidade Universal

Para Onde Vão As Pessoas Que Nunca Ouviram Falar de Jesus? O Ensino do Inclusivismo