O Pr. Gilson Soares dos Santos é casado com a Missionária Selma Rodrigues, tendo três filhos: Micaelle, Álef e Michelle. É servo do Senhor Jesus Cristo, chamado com santa vocação. Bacharel em Teologia pelo STEC (Seminário Teológico Evangélico Congregacional), Campina Grande/PB; Graduado em Filosofia pela UEPB (Universidade Estadual da Paraíba); Pós-Graduando em Teologia Bíblica pelo CPAJ/Mackenzie (Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper). Professor de Filosofia e Teologia Sistemática no STEC. Professor de Teologia Sistemática no STEMES, em Campina Grande - Paraíba. Pastor do Quadro de Ministros da Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil (AIECB). Pastoreou a Igreja Evangélica Congregacional de Cuité/PB, durante 15 anos (1993-2008). Atualmente é Pastor Titular da Igreja Evangélica Congregacional em Areia - Paraíba.

1 de abril de 2013

Verdades sobre a mentira


VERDADES SOBRE A MENTIRA
Atos 5.1-11

Pr. Gilson Soares dos Santos

O dia primeiro de Abril, no Brasil, e em outras partes do mundo, é considerado como o Dia da Mentira. Alguns crentes entram no embalo e tentam pregar uma mentirinha nos outros. Isso é correto? É normal nos divertirmos com a mentira? Analisemos As Verdades Bíblicas Sobre o Dia da Mentira.

1 - Origem do dia da mentira

Existem várias versões que explicam a origem desse dia, porém, a mais difundida é a seguinte:

O Rei Carlos IX, da França, resolveu, a partir de 1564, adotar o Calendário Gregoriano, e mudou a comemoração do início do ano, que era no dia Primeiro de Abril, para Primeiro de Janeiro. As comemorações do ano novo, na França, duravam uma semana (de 25 de Março a 01 de Abril). Essa decisão depois foi adotada por outros países da Europa.

Alguns franceses ficaram tão revoltados com a mudança da data que continuaram comemorando a virada do ano em Abril. Para debochar da cara dessas pessoas, outros franceses mandavam presentes estranhos e convites para festas que não existiam, desde então essa data ficou conhecida como “O Dia da Mentira”. Duzentos anos depois esse costume espalhou-se para a Inglaterra e para outras partes do mundo.

2 – O mentiroso é filho do diabo

Em João 8.44, Jesus mostra aos escribas e fariseus que o mentiroso é filho do diabo.
     
Jesus é a Verdade, sendo Ele a Verdade, todo aquele que estiver nEle tem que viver de acordo com a Verdade.

3 – Os mentirosos serão lançados no inferno

Em Apocalipse 21.8 e Apocalipse 22.15, encontramos o destino de todo aquele que mente ou acha lindo (ama, admira) a mentira.

Eu nem posso mentir, nem posso amar a mentira.

4 – É loucura mentir por brincadeira

Em Provérbios 26.19, encontramos que mentir por brincadeira é uma loucura, ou seja, é pecado.

É comum, às vezes, encontrarmos pessoas que inventam uma “mentirinha” e acham que isso não tem problema algum.

5 – A mentira faz parte das coisas que Deus odeia (Pv 6.16-19)

16 Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina: 17 olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, 18 coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, 19 testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos.

6 – A mentira é prática do velho homem (velha natureza)

Em colossenses 3.9, a Bíblia nos mostra que a mentira faz parte das práticas do “velho homem”, ou seja, quando ainda nem tínhamos nascido de novo. Aquele que está em Cristo já abandonou a prática do velho homem.

7 – O castigo de Deus sobre os mentirosos

Em Atos 5.1-11 encontramos Deus matando Ananias e Safira por praticarem a mentira.

8 – Outros textos bíblicos que condenam a mentira

- Sl 40.4: Bem-aventurado o homem que põe no SENHOR a sua confiança e não pende para os arrogantes, nem para os afeiçoados à mentira.

- Ef 4.25: Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros.
  
A mentira é um mal que deve ser banido. A mentira leva a prejuízos, muitas vezes irreparáveis. Por isso precisamos viver sob a verdade, tão somente a verdade.